30 de setembro de 2016

Coisas que acontecem

Ontem, ao final da tarde, eu e o meu marido fomos ao supermercado. O Mini escolheu um brinquedo que queria levar. O brinquedo além de caro, não era nada indicado para a sua idade. Era para + de 7 anos. Disse ao Mini que não levaria aquilo, dissemos-lhe para trocar, o que não quis. Assim sendo, pousei o brinquedo na prateleira e fui para a caixa com ele aos berros. Berrava tanto que disse ao meu marido para ir com ele para o carro.
Enquanto fiquei a pagar, a senhora que estava à minha frente diz-me:

" - Isto é normal acontecer. Tenho duas e já aconteceu com as duas."

Pensei: "será que lhe devia dizer que tenho 5?!?"

Não disse...

Refeição matinal


Para mim, sair de casa sem tomar o pequeno-almoço é impensável. Tento transmitir isto também aos meus príncipes, pois não quero que estejam na escola sem força, cheios de fome.
Os príncipes mais velhos comem leite com cereais, mas uma tijela bem cheia. Os príncipes mais novos, o caso é diferente. O Afonso toma uma chávena de leite com chocolate e depois não quer mais nada. Se ficar em casa, passados alguns minutos está a comer. Mas, quando vai para a escola, é diferente. O Mini bebe o seu iogurte e depois age como o Afonso. Assim, embora não goste que comam no carro, preparo-lhes umas caixinhas com cereais que vão comendo até à escola. Fico mais confiante assim.

29 de setembro de 2016

Mini e a escola

[Foto: Sara Girassol]

Hoje, foi surpreendente. O Mini chegou à porta do edifício da escola e disse-me adeus, como quem: "a partir daqui vou sozinho.". Claro, que fui com ele. Deixou as coisas dele no cacifo, entrou na sala, e calmamente foi-se sentar no meio dos outros meninos, numa espacinho que estava vago.
E, pronto, já não há choros. A ida para a escola está implementada na sua rotina...

Hoje apetecia-me

Hoje apetecia-me...





... TUDO...

... menos trabalhar!!

28 de setembro de 2016

Preparação do almoço

Quando deixo alguma coisa para os príncipes mais velhos prepararem para o almoço, geralmente deixo as indicações desta forma:


Mini e a escola

Aplausos. Muitos aplausos.
Hoje, pela primeira vez, não houve choros, não houve amuos. Saiu do carro quis pôr a mochila às costas. Foi a pé. Entrou na sala sozinho, com um sorriso de orelha a orelha, e foi para o colo da auxiliar, com um sorriso, de onde me disse adeus.
Hoje, o Mini era um menino diferente a ir para a escola.

27 de setembro de 2016

Mini e a escola

Se hoje a manhã correu bem? Pois, até parecia que ia correr, mas a partir do minuto que o Mini viu o carro a seguir o caminho da escola, começou num choro ruidoso e descontrolado. 5 minutos nos separam de casa da escola, de carro, pois, foram 5 minutos de loucura... a meio apetecia-me parar o carro, tal era a barulheira... O Afonso ainda disse: " - Mãe, ele está chorar!" Sério! SÉRIO!
Saiu do carro lavado em lágrimas. Tive que o levar ao colo. Abafou o choro, mas consoante nos íamos aproximando da sala, o choro aumentou.
O que me deixa descansada é que ele depois fica bem e quando o vou buscar está tão feliz que nem parece a mesma criança que deixo de manhã.


O desfralde @4


Podemos dizer que a fase de desfralde do Mini está completa. Às vezes, mas só à noite, pede fralda. Já gosta de andar de cueca. Continua a pedir para fazer cocó, mesmo quando quer fazer xixi. Na escola até o elogiam. Quando o vou buscar está com a mesma roupa com a qual o deixei de manhã.
Nunca pensei que fosse tão fácil. De todos os meus príncipes, tirando o mais velho, que decidiu deixar de usar fralda ele próprio, este foi o desfralde mais fácil.
Claro, ainda usa fralda de noite, mas já houve uma noite que foi difícil lhe pôr, pois não queria...


26 de setembro de 2016

Borboletas

O Verão passado, vi mais borboletas do que em anos anteriores, o que é um bom sinal. O meu marido reparou no mesmo e até chegámos a falar sobre o assunto.
Esta beleza andou pelo nosso quintal.





Domingo foi...





No 4º domingo do mês há feira de usados no burgo. Coisas super engraçadas a preços fantásticos. Por isso, nada como logo de manhã dar uma volta pelo centro à procura de uma achado (tanta coisa que gostaria de trazer!). O Mini também adora esta feira porque trás sempre carros novos para casa. Desta vez, além de um carro, ainda trouxe um leão que uma senhora lhe ofereceu, e quando passava numa outra barraca, um senhor, por lhe achar piada, chamou-o e ofereceu-lhe um boneco. Disse-lhe que agradecesse ao senhor. O senhor disse: " - O sorriso dele já bastou!". Momentos simples que nos enchem a alma.



O resto do dia foi passado por casa. Tanta coisa sempre para preparar para que a nova semana comece bem.
O Mini quis fazer como os manos mais velhos e passou a comer cereais com leite. Experimentou e gostou. Diz ele: " - Mãe, põe mutos e muto leite."


Ai a matemática

Ontem, estava o meu marido a tentar-me convencer a alterar o piso do exterior, quando me pergunta as medidas. Eu digo-lhe que um lado tem 6 m2, do outro 4 m2, no total 10 m2.

Bem, diz ele:

" - Como o m2 é a 5€: 5 * 10, portanto, sai barato, só vamos gastar 30€."

Espera, lá, desde quando 5*10 é igual a 30?!!! Bem, a risota foi geral... Cada vez entendo melhor porque fugiu à matemática...

(ele vai-me matar por isto...)

24 de setembro de 2016

Só a mim

Ontem, fiz para o jantar pataniscas. Posso dizer que as piores pataniscas de bacalhau que já fiz... Insípidas, sem qualquer sabor, cheias de óleo... Só o príncipe mais velho gostou. Raramente sobram, mas ontem sobraram muitas. Como ainda restaram, hoje estava a comer uma e olho para cima da banca e percebo que fiz pataniscas sem bacalhau, daí estarem péssimas. O bacalhau ainda estava numa bacia à espera de ser usado...


23 de setembro de 2016

Mini alimentação


O Mini nunca gostou muito de leite. Depois de deixar de mamar, experimentei várias marcas de leite em pó. Ele de repente deixava de beber o leite, e eu lá trocava de marca! Depois mudei para o leite de pacote. Leite gordo nem pensar, embora fosse o recomendado para a estatura dele. Optei pelo Mimosa meio-gordo, que é o que uso em casa, ele lá foi pegando, mas nunca bebeu muito leite. Por vezes nem meio biberão bebia. Passei o leite do biberão, com chocolate, para uma chávena, mesmo assim deixava sempre ficar. Até que verifiquei que ele bebe bem os iogurtes líquidos (até bebe bem demais!), assim os iogurtes líquidos passaram a fazer parte do seu pequeno-almoço. Acaba por tomar o leite, mas de outra forma.

Passeio Diário do Spike #20#

Num dos últimos dias de Verão, o frio fazia-se bem sentir, por isso quando fomos passear o Spike, tive que vestir casacos aos príncipes mais novos que adoram me acompanhar nessa passeata.



Enquanto o Spike, cheira aqui, cheira acolá, os príncipes preferem correr, saltar, apanhar paus. É uma momento de descontração para todos.






Mini e a escola




Cada dia que passa é mais difícil levar o Mini para a escola. Hoje nem queria ouvir falar de nenhuma palavra relacionada com escola, que começava logo a choramingar. Hoje o drama começou em casa. A 500 m da escola ouvia-o soluçar no banco de trás. Depois de estacionar foi sempre a soluçar, com as lágrimas a caírem-lhe pela cara até à sala.

Se lhe perguntamos se gosta da escola diz:
" - Não góto da cóla. Aquela cóla é uma pucaria!"

Já perguntei e depois fica muito bem. Porta-se muito bem. Mas ir para a escola é um tormento. Tadinho!

22 de setembro de 2016

Zomlings - a invasão #1


Eles aumentam em casa a cada dia que passa. O Afonso e o príncipe mais velho andam felizes com as suas coleções de Zomlings. Não sei qual dos dois mais entusiasmado! Até já está combinada uma ida a Espanha para comprarem os bonequinhos, que cá (Portugal) estão na série 2 e lá (Espanha) na série 4.
A invasão de Zomlings na minha casa...

Doce de figo

Deram-me uma quantidade jeitosa de figos pretos. O comilão de figos (o príncipe mais velho), como não eram muito doces, mão os atacou em larga escala, por isso, antes que se estragassem decidi reduzi-los a doce, e assim fiz.
2 horas depois: docinho de figo, tão bom!


Outono - dias pequenos


Hoje chega o Outono.
A partir de hoje será cada vez mais difícil sair da cama, não só para mim, mas para todos lá em casa. Os dias cada vez mais pequenos, parece que o tempo não chega para nada. Parece que o tempo reduz.
Saímos de casa de noite e regressamos de noite. Tudo é feito com mais pressa.

21 de setembro de 2016

Mini em ação


Adora jogar à bola, de preferência lá fora.
Como é lindo o seu sorriso.

A pintar com ajuda do "Atonto".

Uma voltinha de comboio

Só a mim


Para os príncipes mais velhos tento comprar manuais em 2ª mão (sai mais económico) e para os gémeos vejo se dá para aproveitar os do príncipe mais velho.
Ontem, estava a preparar um dos manuais, apagando o que estava escrito, e farta de apagar, penso:
" Este manual devia de ser de uma menina para escrever tanto!"
Virei a capa, e descubro que afinal era um dos que foi utilizado pelo meu príncipe mais velho. Aquilo é que foi estudar...

20 de setembro de 2016

Magikland

A pedido dos príncipes mais velhos, e aproveitando um desconto que a Magikland efetuou aqui para o concelho (5€ por pessoa), fomos no fim-de-semana ao parque de diversões. O príncipe mais velho desconfiou no dia anterior, mas mesmo assim não tinha a certeza onde iriamos.



Não tem muitas diversões para os príncipes mais velhos, mas mesmo assim eles aproveitaram bem.



Já os príncipes mais novos tiveram imensas diversões onde andar. O preferido do Mini os aviões. O preferido do Afonso os carrinhos de choque. ´






Na hora da comida, caiu um dente ao Afonso, que ficou radiante, pois a Fada Madrinha viria nessa noite (parece que se atrasou um pouco, mas veio!)


No final do dia, vinham felizes e com o desejo de voltar no próximo ano.
Posso dizer, que para os príncipes é um dia em grande, cheio de diversão.

















 

Para o ano, talvez haja mais. Já agora fica a foto mais engraçada: o Mini estava lá... não chega é ao espaço para colocar a cabeça... Talvez no próximo ano já se veja!