31 de agosto de 2015

Algumas mudanças

Esta semana, um dia, mas tão bom, dediquei-me a pequenos arranjos, de algumas coisas que necessitavam de uma pequena intervenção. Um dia na costura, algo que me descontrai. Ficam alguns exemplos.
 
Um casaco meu, cujos botões estavam em mau estado. Comprei uns novos, por 25 cêntimos na feira dos usados e agora o casaco parece novo. Pronto a usar de novo.

[Antes]


 
[Depois]



Umas calças de pijama que se romperam nos joelhos. Passaram a calções de pijama. Prontos a usar de novo.
 
[Antes]
 
 
[Depois]
 
 
Umas calças de ganga, quase novas, com um rasgão enorme nos joelhos. Coloquei um emblema que tirei de uma peça de roupa que já não servia, e as calças estão prontas a serem usadas.
 
[Antes]
 
 
[Depois]
 
 
Arranjei muitas outras peças. Algumas calças também com pequenos rasgões que usei emblemas para tapar buracos, e que estão prontas a usar. Algumas calças que coloquei elástico com casas na cintura de forma a alargar e apertar conforme necessidade, e que não tinham antes.



e, amanhã um novo ciclo...

 
Fim das férias. Fim do mês. Amanhã, nova etapa, novo ano. Para mim o ano começa em setembro. É o fim do verão. São o início das aulas. É o regresso à rotina. São novas rotinas, novos horários. Os dias começam a ser mais pequenos e o tempo também parece diminuir. E, nem sempre é fácil...
 
 


Fim das férias

Começo o dia ainda de noite. O Mini muito quente: 38.7º de febre. Pronto, o dia está decidido, ficar por casa. O Mini não poderá sair.
Aproveito para ir tirar o Cartão de Cidadão com o Afonso. 2 horas depois estamos despachados... Ufa!
O príncipe mais velho anda com um alergia à 3 semanas. Fui com ele ao hospital. Alergia confirmada.
Ainda falta para o dia acabar... Mini continua com febre!

29 de agosto de 2015

Odeio o início das aulas

Acho que nunca tive este sentimento, mas começo a odiar o início das aulas. São os livros para preparar, os cadernos para comprar e encadernar, as mochilas, os lápis, as canetas, as sapatilhas, os fatos-de-treino, ... e o pior de tudo o dinheiro que gasto com tudo isto. Isto para não falar que por cada ano que os príncipes avançam os livros são mais caros. Livros caros e grandes demais para a matéria que realmente é dada; por vezes nem a meio do livro chegam.
 
Este ano tenho mais um príncipe a entrar para a escola. Mais gastos!
 
Costumo aproveitar os manuais do príncipe mais velho, que ficam em bom estado, para um dos gémeos. Mas acabei de me deparar com o impensável. Os manuais são os mesmos, os títulos são exatamente os mesmos, os autores os mesmos, ... MAS o registo dos livros ISBN é diferente. COMO É POSSÍVEL? Tudo igual, mas porque devem ter mudado uma ou duas páginas (e pouco mais é que isso, por experiência dos anos anteriores) já tenho que comprar manuais novos. MAS NÃO TEM QUE SE MANTER OS MESMOS MANUAIS POR 6 ANOS??? Que porra de país é este em que os incentivos a ter filhos são 0 (ZERO)! Já estou a ver que vou ter que comprar livros novos, para dois miúdos, quando na realidade podia pelo menos poupar dinheiro num deles. Ainda se não me saísse do bolso... Mas eu cá tenho que arcar com todas as despesas...
 
Estou mesmo lixada com isto... Acabem por favor com as editoras que têm o monopólio dos livros escolares...

Estivemos quase lá...

 
Destino do dia: Zoo da Maia.
 
Antes de entrarmos decidimos comer no MacDonalds (os príncipes já andavam a pedir à muito), depois, de novo na estrada - destino: Zoo da Maia. Mas infelizmente, o meu marido começou a ter sintomas de que uma mega dor de cabeça vinha aí, e tivemos que vir embora... Estivemos mesmo à porta.
 
Mas o pior de tudo é que o marido ficou doente, o que não estava mesmo nos nossos planos...
 
 
 

27 de agosto de 2015

Mini em Ação



 
A ver os seus filmes preferidos.

 
De tantos filmes, até adormece.



 
Cavaleiro sempre em ação.

 
"- Ipa" - (tradução: alguém que me levante?)

 
Adora correr. Aqui na Ponte do Porto - Amares.

 
A brincar com o "ambóio"

 
Com tantos manos a jogar, deixa-me cá pegar é numa "concóla".

 
Numa de casinhas.


 
Aqui vou eu de avião!
 
 
Até para o Mini comer um hamburguer é uma felicidade.
 

26 de agosto de 2015

Passeio Diário do Spike #15#


Neste Dia Internacional do Cão, não poderia deixar de falar no nosso querido cão, o Spike. O Spike é um cão que adoptámos com 5 anos de idade (neste momento tem 9 anos), muito querido, e que todos adoramos. Faz parte da família, por isso, não imaginamos a nossa vida sem ele. Quando planeamos alguma coisa, lá está ele nos nossos planos.


Adora dar a sua volta diária pelo pinhal, correndo, cheirando e pedindo festas de vez em quando. Para ele será o seu momento zen. Para nós também é a oportunidade de passarmos mais tempo com este nosso amigo e aproveitar as belezas que nos rodeiam. 






Bolotas, flores secas, pequenos insectos, o musgo que ainda está seco, o que nos rodeia...










A encomenda enigmática

O enigma começa quando o carteiro deixou ficar o registo para levantar nos correios. Não sabia do que se tratava, mas como vinha de uma localidade na Holanda, devia ser um postal, pensei! Fui aos correios à 2 dias e nada de encomenda, não sabiam onde estava. Ficaram de me ligar, o que não aconteceu e voltei lá hoje. Dão-me para a mão uma embalagem azul. Vi logo que o postal não seria! Que será?!? Bem, resolvido o enigma: uma tampa especial, da Ariel, para retirar nódoas dos tecidos. Já nem me lembrava que a tinha pedido (faz tempo que o fiz...)




As gomas da vizinha

Assim começa a história: " - O Afonso está?"



Depois aparecem as gomas que a minha vizinha faz e que trás sempre, com muito carinho, para o Afonso. Faz sempre a mais a contar com ele. 


25 de agosto de 2015

Mini conversa

O Mini queria Pringles, e apontou para a caixa das ditas. Disse-lhe que já não havia, mas ele para confirmar teve que ver - "ver para crer", assim é o Mini. Quando olhou para dentro da embalagem e não viu nada disse:
" - Está nu?"






Numa de cinéfola

Aqui em casa ultimamente vê-se:

- Panda do Kung Fu (1 e 2)
- Como Treinares o teu Dragão (1 e 2)
- Curtas do Mate
- A Casa do Mickey Mouse

Isto, várias vezes ao dia, repetidamente, infidavelmente... Nem sei como não sei já os diálogos de cor!!?? Haverá mais filmes no mundo?!! Que os príncipes os descubram rápido...




Caminhada familiar



Para uma boa caminhada, nada melhor que as Lagoas de Bertiandos, em Ponte de Lima. Sem carros, com percursos devidamente definidos, ideal para uma caminhada sem grandes sobressaltos com crianças. Vamos lá várias vezes, mas desta vez tivemos uma caminhada diferente, quando num rego de água avistámos uma lontra. Ficámos imenso tempo a observá-la no seu habitat natural. Que linda! Aquilo que nos pareceu no início um estranho gato, com gosto pela água, afinal era uma lontra, daí o gosto pela água!


Não foi fácil a fotografar, porque ela mexia-se imenso, só parando no meio da vegetação, onde era quase impossível de observar e mais difícil ainda fotografar com um telemóvel!



Poucos mais animais vimos desta vez, mas a lontra valeu bem a visita. Vimos também: lagostins, peixinhos, rãs (poucas) e libelinhas. Apanhámos algumas, poucas, amoras. E, caminhámos.