30 de abril de 2015

Uma prenda engraçada

Para quem só fala de "morte", nada mais aplicado que esta prenda:

Mini em ação


Com os seus bonecos preferidos. Gosta de os colocar todos em fila.

A brincar com os carros.

Também quer ter um individual como todos os outros lá em casa.
Comer é com um individual debaixo do prato.

29 de abril de 2015

Bodas de Cristal


15 anos de casório. Um dia para nós (mais dois apêndices). Que venham mais 15...

28 de abril de 2015

Tarefas caseiras

 
Lá em casa somos 7. Somos 7, mais 2 gatos e um cão, e não temos empregada. Por isso, há que partilhar tarefas e os príncipes mais velhos também têm que dar o seu auxílio. Nada de especial: aspirar, arrumar a loiça da máquina, limpar a mesa, ... A coisa não estava a correr bem, basicamente era sempre o João que ajudava, os outros dois desapareciam calmamente, nem se ofereciam. Por isso, de forma a resolvermos o problema, decidimos fazer uma tabela. Cada dia é um que trata de tudo. Assim, não há fugas (pelo menos esperamos!), e já sabem que naquele dia é o seu dia.

O que ele diz #47#

O Afonso a brincar com uma mota, o Mini queria muito essa mota, mas o Afonso não estava com vontade de a partilhar. E, eis que diz isto ao irmão:
 
" - Quando fores grande vais ser carteiro. Assim, tens uma mota."
 
Sem comentários...

26 de abril de 2015

Quando for grande quero ser: desenhador

Sempre achei que o príncipe mais velho e o Tiago desenhassem muito bem. No entanto, embora desenhassem muito bem, nunca lhes vi grande interesse nessa área. Desenham por desenharem. Têm fases.
Comigo aconteceu o mesmo. Toda a gente dizia que eu desenhava bem, até os professores, mas nunca quis seguir desenho.
Já o João nunca achei que fosse o seu forte. Mas, de repente, do nada, o João começa a interessar-se pelo desenho. Já lhe comprei material profissional. Ele quase todos os dias desenha. O seu interesse é enorme. Diz que vai seguir desenho. Parece ser o único que, com convicção, sabe o que quer ser no futuro.
 
 
Nunca pensei no João como desenhador. Vejo-o com advogado, mas advogado de acusação. Bem, olhos ou desejos de mãe! Claro, que no fundo, o que quero mesmo é que ele siga o que lhe dá prazer, o que gosta. E, porque não desenho?!

24 de abril de 2015

Novidades lá por casa

Já à muito o meu marido andava a namorar uma. No passado fim-de-semana, encontrou-a, a um bom preço, na feira de velharias do burgo. O objectivo era colocá-la lá fora, mas com a onde de roubos que anda por aí, não duraria muito. Resultado, vai fazer parte da decoração cá de casa, e servirá também como meio de troca de mensagens familiares.
 
 
Já serviu como local para colocar as prendas de anos do meu marido.
 
 

23 de abril de 2015

Dá gosto vê-los assim

[Mini e João]

20.000

 
Chegámos às 20 mil visitas. Pode não parecer muito, mas para mim é.
Obrigada a todos os que acompanham aqui o tasco.
 

Vou fazer um colar... de pérolas!


Com tanta pérola que vou apanhando ultimamente, brevemente vou fazer um colar...

Bolinhos para amigos

 
Sábado, foi dia do príncipe mais velho ir para casa de um amigo. Sábado, foi também dia de eu ir lanchar a casa de uma amiga. Fiz uns biscoitinhos simples para ambos levarmos.

22 de abril de 2015

21 de abril de 2015

O que ele diz #45#

O Afonso é uma pérola no que fala. Quer sempre saber mais e mais, e adora conversar. Dá-me realmente prazer ouvi-lo. Tão criativo.
Ontem, dia dos anos do pai, pergunta-me:
" - Quantos anos o pai faz?" (Afonso)
" - 42." (eu)
" - Isso, é que números?"
" - Um 4 e um 2"
" - 42, não é um 1 e um 4?"
" - Não, isso é catorze. 42 é um 4 e um 2"
" - Isso é o nº do Canal Panda. 42!" - ele feliz por conhecer o número.

O que ele diz #44#

O Afonso a discutir com o pai sobre bolos e aniversários. O pai disse-lhe que quem comprava o bolo dele (Afonso) era o pai, pelo que ele diz:
" - Mãe, quando fizer anos vais comigo comprar o meu bolo? Vou escolher de chocolate..."
O pai não gosta de chocolate. Só para o chatear!

20 de abril de 2015

Expectativas altas

 
Hoje o meu marido faz anos. Parece que a Swatch lhe enviou uma mensagem de parabéns. E, parece que a Swatch também me quer dar cabo da carteira. Resultado, ele só espera receber um Swatch. Está mesmo confiante que é o que lhe vou oferecer.
Até quer saber a cor!!! Estou lixada...!!!

Uma das mensagens que me enviou:
"A prenda que me deram hoje (…) deve combinar com o relógio da swatch que me compras-te."



Coisas que detesto

 
Atender uma chamada, estar a falar com alguém ao telefone, e esse alguém decide atender outra chamada e falar com outra pessoa, enquanto eu aguardo!
Se não fosse no trabalho desligava...
Haja bom-senso!

17 de abril de 2015

Há dias assim

[O ramo que tenho de flores na cozinha, apanhado na rua.]
 
Há dias em que não nos apetece falar, não nos apetece ouvir, só nos apetece contemplar!

Inveja



Qualquer sítio, qualquer posição lhes serve para dormir. Que inveja!

Mais um problemazito

Aparecem umas borbulhas. Penso, como tem pele atópica e a primavera em termos de polens não está fácil, deverá ser alergia. Toca a dar anti histamínico ao príncipe mais velho. Ele continua a queixar-se e com comichão. A coisa começa a aumentar. Eu começo a pensar que é melhor levá-lo ao médico. Falo com o médico de família e levo lá o miúdo.
Diagnóstico: Herpes Zoster, pelos vistos o vírus da varicela, que fica adormecido, para mais tarde atacar. Ao meu príncipe decidiu atacá-lo agora. Nunca ninguém me disse que afinal o vírus só fica adormecido, para mais tarde atacar de outra forma, bem mais poderosa.
 
Mais um problema para tratar... Para já além da medicação tem que abandonar a piscina.

16 de abril de 2015

Mini em ação


A tentar transportar um pau maior que ele.
Aprendendo que terá que crescer mais até o conseguir.

Não se pode deixar sozinho.
Despejou um frasco de molho de morango na água dos gatos.
Gordura por todo o lado.


Só estilo!


A brincar com palhinhas, enfiando-as numa garrafa de água.



 A imitar o irmão: lendo e pintando.

Que bom!

[Foto: Sara Girassol]
 

Boas notícias também fazem falta, quando tudo parece que corre menos bem.
Espero que sejam os ventos da mudança a soprar...

15 de abril de 2015

Há dias assim

[Foto: Sara Girassol]
 
Há dias em que recebemos uma má noticia, que nos afecta bastante, de alguém que gostamos que tem uma luta grande pela frente. Mas, logo de seguida, recebemos uma boa, pelo nascimento de alguém. Bem-vinda Helena a este mundo.

13 de abril de 2015

De cariz social

 
Ontem, fui com o príncipe mais velho fazer uma caminhada solidária pelo Autismo. Levei também o príncipe mais novo, que adorou ver tantos balões.
A caminhada foi organizada pela AIA e gostámos muito de participar. Cerca de 6000 pessoas. O príncipe mais velho, que em plena adolescência tudo é uma seca para ele, gostou bastante de participar na iniciativa. Acho que já tem idade para participar ativamente nestas iniciativas e entender o significado das mesmas. À noite, disse-me que gostou de participar.
O Mini acabou por adormecer no carrinho, quase no final da caminhada.

Larguem-me...

 
Tenho à dias umas enxaquecas que não me largam. Deixassem-me ao menos dormir!

11 de abril de 2015

Páscoa - parte IV

Domingo de Páscoa - Gerês


Quem como eu odeia o som continuado de foguetes tudo faz para fugir de casa, no dia de Páscoa. Nada melhor que um piquenique no Gerês, longe do barulho e num ambiente lindo. Serra acima, lá fomos nós. Perto da Portela do Homem descobrimos uma zona perfeita para o nosso piquenique. Uma pedra serviu-nos de mesa.
 



 
Depois da barriga composta, partimos à exploração.
 





 
Ainda tive tempo para observar as belas, mas pequeninas flores que crescem por ali livremente. (adoro flores)
 


 

Decidimos seguir viagem, montanha acima, passando pela fronteira, pela Portela do Homem, por Espanha, pelo Xurés. 
 
 
Voltámos a encontrar o nosso país pela fronteira de Lindoso. Kms passados e a fome voltou a apertar. Nada como parar de novo, montar de novo a mesa e toca a comer.
 


 
Mas, Páscoa sem amêndoas e sem caça aos ovos, não é Páscoa. Por isso ao chegar a casa os príncipes ainda tiveram direito a uma casa ao ovo.