27 de dezembro de 2012

Presépio Tradicional @2


 
O presépio que falei, que comprei na feira, depois de montado ficou assim. Ainda comprei mais uns bonecos. Para o próximo ano mais se juntarão.
Estes presépios levam-me à imaginação, fazem-me recordar quando era pequena. Que bom é o Natal.
 
 

26 de dezembro de 2012

O que ele diz #11#

Eu a preparar o almoço do Dia de Natal e o príncipe mais novo pergunta-me:
" - Que estás a fazer? Batatas?"
Respondi que não, era arroz. Ele com voz de alívio: " - Ah, arroz."

(até já o príncipe mais novo, não gosta das batatas no Natal!)

O Dia de Natal

O Natal é sempre em casa. Já à uns anos que fazemos assim e adoramos. Evitamos andar de carro nestes dias, ficamos mais calmos e aproveitamos em pleno o Natal.
Este ano não foi excepção. O meu marido veio-me buscar às 13h ao trabalho, ainda fizemos umas compras rápidas, e casa.
Eu e o marido, com tarefas divididas, à volta dos tachos, com calma fizemos tudo.
Após o ceia de Natal, os príncipes foram para a cama. Quanto mais rápido dormissem, mais rápido veriam as prendas. Eu fui adormecer o príncipe mais novo, mas fiquei também a dormir... Pensei que o meu marido me fosse acordar, pois ainda tínhamos prendas para embrulhar, mas tal não aconteceu. Acordei com a televisão muito alta, eram quase duas horas da matina. Fui à sala e lá estava ele também a dormir, profundamente, no sofá. Acordei-o, pus a tv mais baixa e fui buscar as prendas que ainda estavam por embrulhar. O que uma pessoa faz em nome do Pai Natal, acorda a meio da noite, para embrulhar prendas. Ah, e nada de barulhos, que os príncipes podem acordar.
Perto das 3h estava tudo pronto. Os montes de prendas ao pé da meia de cada um. Os doces dentro das meias, lá nos fomos deitar.
Não sei quem estaria mais ansiosa, se eu, se os miúdos, pois ainda não eram 7h da matina e o olho já teimava em não fechar.
Começou por acordar o príncipe mais velho, que tratou de acordar os gémeos. O príncipe mais novo é que foi difícil de acordar. Os esforços dos irmãos foram quase em vão... Até que lá se levantou.
Mal entraram na sala, no meio da euforia, correu cada um para as suas prendas. O príncipe mais novo, também feliz por ver os irmãos, ficou um pouco perdido, mas lá encontrou as suas prendas.
O resto do dia foi passado com calma, em casa, os gémeos a jogar, cada um com o seu novo jogo. O príncipe mais velho a montar uma nave Lego da Star Wars, o princípe mais novo a brincar com os seus novos carros, os seus e os dos irmãos.
 
 

21 de dezembro de 2012

Sair mais cedo

Uma das coisas melhores no trabalho é sair mais cedo. Uma das coisas piores, depois, é termos que esperar que nos venham buscar. No final: fica tudo igual!

20 de dezembro de 2012

Presépio tradicional

Hoje de manhã, passei na feira, ao lado do mercado, e vi o que andava à procura à tanto tempo, peças para um presépio, um presépio tradicional. Baratinhas tal como queria. A sagrada família, os três reis magos, ovelhinhas e um pastor.
Sábado lá vamos apanhar o musgo e tratar do presépio.
Ainda me lembro em pequena passar horas a olhar para o presépio. Como eu adoro um presépio tradicional. Agora chegou a vez de ter um lá em casa.
 
 

19 de dezembro de 2012

O que ele diz #10#

Quando perguntam o nome, seja quem for, ao príncipe mais novo, embora saiba o seu nome completo, diz:
 
" - Sou o Afonso Pequenino."
 
 

O que ele diz #9#

 
O príncipe mais novo na audição do irmão vê um rapaz a tocar trombone e diz:
" - Olha um pompete gande!"

Festa de Natal - 2012

 Ir a festas de Natal dos miúdos é sempre necessário uma dose de paciência (dose mega-extra), uma dose de loucura (só loucos aturam aquilo) e claro, muito amor pelos nossos filhos. As festas são sempre uma seca e pouco ou nada interessantes, vale-nos o tempo que olhamos com calma e ternura para os nossos rebentos. Coisas mais lindas do mundo.


 
 
Bem, num dia de temporal, mas mesmo temporal, lá fui eu com os gémeos e o príncipe mais novo para a festa da escola. Fomos de táxi (à anos que não andava de táxi).
Tive sorte de levar o príncipe mais novo, porque assim fiquei num lugar privilegiado. Os outros pais discutiam e praguejavam para tentarem ver os seus filhos. Aquilo não tinha condições nenhumas para ver o espectáculo. Ou se tinha sorte e se ficava na primeira fila, ou com sorte, e aos saltinhos, se veria alguma coisa.
Depois da festa, que foi igual às dos anos anteriores, minutos de seca... Os miúdos foram para as salas receber as prendas. Só pedia que fossem livros, mas não, voltaram a dar carros, que com sorte duram mais de uma hora.
Os gémeos com 9 anos já não querem saber de carros. Ofereceram-nos ao príncipe mais novo que ficou tão feliz. Claro, que passada 2 horas, só 2 horas, um já estava no lixo e o outro também para lá caminhava...


E, lá estava o presépio do Tiago na exposição. Na exposição tinha presépios muito giros. Os pais dos alunos estão de parabéns pelo trabalho realizado.







 
 

18 de dezembro de 2012

Aplausos, ouvidos, atenção...

Ontem, depois de um dia péssimo, foi a audição do príncipe mais velho. Estava nervoso, muito nervoso. Mas portou-se bem. Um fim lindo, para um dia que correu mal.
Parece que cada dia que passa gosta mais de tocar trompete.

12 de dezembro de 2012

Loucuras da adolescência @1

O meu príncipe mais velho, a entrar em plena adolescência, começa a dar sinais de que algo está a mudar, especialmente a sua atitude.
De manhã, ao ir para a escola, agora não quer ir ao meu colo. Como vamos todos num só carro, tem que ir ao colo. Não vale a pena numa viagem tão pequena o pai ter que voltar para trás. Hoje ameaçou ir a pé, mas perante o meu NÃO, exigiu que um dos gémeos fosse ao meu colo.
Qual o mal de ir ao meu colo?!?

11 de dezembro de 2012

Coelhos na cidade

 
No meio da cidade, num pequeno triângulo de relva, no meio dum parque automóvel, dois coelhos pretos a pastar. Esperam-se cães, gatos, ... mas coelhos! Estranho, mas fofo.
Ali estavam eles, descontraídos, perto meu trabalho.
 
 
 

9 de dezembro de 2012

À lareira

 
Cá em casa há uma lareira. Sempre houve. No entanto, só a acendemos uma vez, à anos. A experiência correu tão mal, mas tão mal, que nunca mais voltámos a acendê-la. O fumo era mais que muito, mas dentro da sala.
Anos passaram, e estava com vontade de voltar a ver se funcionava. Hoje acendia-a. Realmente não fumega muito bem. A sala ficou cheia de fumo (não tanto como da outra vez...), mas fica confortável, quente e é tão bom estar à lareira.


Acho que vamos arriscar mais uma vez, desta vez será na noite de Natal.
Ah, os gatos também parecem gostar!

 

O concerto de Natal

 
O concerto de Natal correu bem. O príncipe mais velho tocou pela primeira vez na orquestra em público. Tocou na orquestra de sopros, uma música de Bob Dylan. Gostei muito de os ouvir (claro, estava lá o meu filho).
 
 
Depois atuou o coro, com uma história de Natal, cantada em várias partes.
O final foi um pouco amargo, quando um pobre miúdo se sentiu bastante mal disposto. Os nervos fazem destas coisas...
 

7 de dezembro de 2012

Coisas deles #11#

O príncipe mais velho, a discutir com o príncipe mais novo, já desesperado, em estilo de ameaça:
" - Olha que eu vou-me embora!" (embora de casa)
O príncipe mais novo sempre com a resposta pronta:
" - Oh! Não tens carro!"
 
No comments...

Concerto de Natal

 
 
O concerto será amanhã à tarde, mas ainda me falta, basicamente, TUDO, para o príncipe mais velho:
- a lanterna
- as calças pretas
- a camisa branca
- os sapatos pretos.
 
Amanhã de manhã, sem carro vai ser uma correria, nem quero imaginar. Ainda lhe queria mandar cortar o cabelo, mas acho que não vai dar...

4 de dezembro de 2012

Faltará mais alguma coisa?!


- O meu carro batido;
- O carro do meu marido teima em não pegar;
- O príncipe mais velho a vomitar;
- ....

3 de dezembro de 2012

A vaca já lá está


 
Este ano ainda não fizemos o presépio, mas a o Dibo parece que quer ser a vaca este ano. O meu marido bem tenta desincentivar, mas ele parece que não se quer afastar do pinheiro.
Mal fazemos a árvore de Natal, lá está o gato instalado. Será que gosta das luzes? Será que fica mais quente?
 

O Natal chegou

Como todos os anos, o Natal chegou lá a casa no dia 1 de Dezembro.
 





 


Presépio com ovos

Na escola dos gémeos pediram-lhes para levarem um presépio para a escola. Ainda só fiz um, falta outro. O que fiz e que já foi hoje ficou assim: