30 de novembro de 2011

Presentes de Natal #1#

O príncipe mais novo se lhe perguntamos o que quer que o Pai Natal lhe traga, diz logo:

"- Cocolata." [tradução chocolate].

Alguém fácil de satisfazer.

27 de novembro de 2011

A epopeia do gás

Gás: um dos bens de primeira necessidade, que já não conseguimos viver sem ele. Bem carote, e que nos é facultado por empresas poderosas e grandes, que acham que podem o que podem, sem necessitar de avisar quem quer que seja, nem que seja um futuro cliente.

Isto tudo, para começar a minha epopeia do gás.

2ª-feira: chego a casa, vou para dar banho a um dos príncipes, já nuinho na banheira, e a água gelada. A água sempre gelada. Decidi ver o que se passava com a caldeira. Estava a funcionar, por isso desliguei-a e voltei à casa-de-banho. Abro de novo a água, na expetativa de algo quente, mas continua a sair água gelada. Fui à cozinha, ligo o fogão e nada... Não há gás! Fui lá fora, olho para o buraco do contador de gás e nada: vazio.

Sem contador não há gás, sem gás não há água quente e não há comida confecionada de fresco. Boa!!!

Em 2010 fiz um contrato (pseudo pelos vistos) com a fornecedora de gás natural. Na altura disseram, que quando fossem mudados os contadores não ficaríamos sem gás. Tiram um e põe outro. QUE MENTIROSOS! A realidade é que avisam a empresa que fornece antes o gás para tirar o contador, sem avisar o visado (cliente) de que vai haver alteração no serviço.

3ª-feira: ligar para a futura companhia de fornecimento de gás (gás natural). Fico a saber que não tenho contrato. Se não há contrato, como se atrevem a enviar uma carta para a companhia anterior para retirarem o contador?!!! E, se o cliente já não quiser trocar?!? O cliente nunca é avisado, nem informado, nem nada... Pelo menos, nós não fomos.
Não há contrato e possivelmente nem terei gás nesse dia, e quem sabe quando!!!! "Mas telefonam hoje? - pergunta que coloquei", à qual obtive uma resposta positiva. Nunca recebi tal telefonema...
Ligo para a companhia que me fornecia anteriormente o gás, que de imediato se dispõem a ajudar. Verificam toda a situação, ligam-me a meio da tarde, e, terei gás no dia seguinte.

4ª-feira: (meio dia de férias) vêm colocar o gás, a companhia anterior. Ufa! Finalmente água quente de novo.

6ª-feira: nova inspecção à instalação de gás para ver se está tudo dentro da normalidade.

Da grande companhia, fornecedora de gás natural nunca mais tive notícias. Mais ou menos um cliente não lhes fará grande diferença.

Passeio diário do Spike #2#


Os passeios diários do Spike trazem-nos sempre coisas novas, sejam de noite ou de dia, debaixo de chuva, ao luar ou com sol. Ontem não pude deixar de registar pequenas coisas que nos rodeiam e, são tão belas. No pinhal, mesmo por trás da nossa casa.











A variedade de cogumelos que se encontra nesta época do ano. Pequenos, mas lindos.

Mais doce

No fim-de-semana passado sempre tive coragem para fazer mais doce de abóbora. E o resultado foi a transformação disto:



nisto:


E, este foi uma oferta dos meus gémeos à sua professora.

 

Mais um maravilhoso doce de abóbora. Ainda tenho metade da abóbora na arca, para fazer mais.
Mais experiências se seguirão...

Yamanô

Que se cuidem os meus ouvidos, hoje temos esta letra em treino cá por casa: Yamanô 
Umas notas fugidas aqui, outras acolá... tudo pela preparação para o teste de amanhã.

Época Natalícia à porta



Devido a arrumações, trouxemos já as coisas do Natal para a sala, visto que estamos quase a preparar tudo para a época natalícia. Quem não hesitou em explorar a caixa foi o príncipe mais novo. Lá estava ele dentro da caixa. Que rica prenda!

19 de novembro de 2011

Flores no Outono



Ainda há flores no meu quintal. Um tom mais escuro, mas ainda há...
Aparecem também por lá outros seres:


Reconstituição

O coelhinho do príncipe mais novo de vez em quando sofre uma operação, pois vai-se rasgando, descosendo, ficando sem orelhas...
Hoje estava assim:


depois de uma pequena operação com linha e agulha recuperou alguma dignidade:


Após apresentada a diferença ao visado, foram juntos ver televisão.Grande amizade.


Sabores de Outono

Hoje pus mãos à obra e transformei isto:


nisto:


Doce de abóbora, para dar utilidade às compras dos meus gémeos. Uns frascos aproveitados, e voilá...
Amanhã se tiver vontade faço mais...

Diploma de Mérito


Ontem, o príncipe mais velho foi receber o Prémio de Mérito, como um dos melhores alunos do 1º ciclo.
Lá fomos todos (menos o príncipe mais novo, e ainda bem...) para a escola, para a festa.
Bem, começamos pelo espaço: ainda não aprenderam que aquele espaço não tem condições para eventos!!! Uma sala pequena, que aquece facilmente, sem lugares para todos, onde não há visibilidade. De novo o mesmo espaço! Mas por que raio tínhamos que confirmar a presença?!!?
Havia um programa, o qual se devem ter esquecido, pois nada foi de acordo com o mesmo. Plano: no máximo dos máximos o prémio seria entregue às 21h. Não! Foi entregue às 22h. Isto depois de discursos péssimos, pessoas que não sabem falar em público (na sua maioria professores). Se aquilo é uma festa para jovens, porque motivo os adultos querem ter toda a atenção!! Péssimos discursos. Parece uma festa preparada para dar graxa uns aos outros, ao senhor tal, ao senhor Sicrano. Poupem-me!
Isto para não falar nas gafes constantes. Um momento hilariante, olhando agora um pouco para trás no tempo.
Pronto. Chegou a hora do príncipe mais velho receber o prémio, e fugimos dali quanto antes.
No fundo só ali estávamos por ele. E, estavamos orgulhosos dele.
Parabéns príncipe.

15 de novembro de 2011

Mais um dente

Ontem caiu mais um dente ao príncipe mais velho. Como ando cheia de coisas em que pensar, e dentes não faz parte da lista, pelo menos os que caiem, esqueci mais uma vez de colocar a prendinha debaixo da almofada (a tão desejada prenda da Fada Madrinha). Quando o fui acordar de manhã, olhei para ele e, zás... deu faísca: " - Ontem caiu um dente! O dente está debaixo da almofada! E, eu esqueci de novo..."
Lá fui rapidinho à garagem, onde tenho um saco com coisas para estes momentos, buscar alguma coisa. Despachei-o do quarto, mas não o queria mandar lavar os dentes, pois isso ia fazê-lo recordar (no meio do sono, ainda não se tinha lembrado). E, fui rápido ao quarto colocar as coisas debaixo da almofada. Mas, ele foi atrás. Disfarcei, como se andasse à procura se o dente ainda lá estava... Realmente ainda lá estava, peguei rápido nele. O resto ele fez, procurou as coisas...
Mais um dia começado em beleza para o príncipe mais velho. É tão bom receber prendas logo de manhã.

14 de novembro de 2011

Natal: 5 semanas


Nem sabia que faltava tão pouco para o Natal, mas os príncipes que não lhes escapa nada, estão a contar o tempo que falta. Pois, são 5 semanas. E, não é que têm razão?!!!
Tenho que pensar na minha lista de prendas...

Os compradores do São Martinho




Hoje, descobri fotos dos meus compradores de São Martinho. Sempre juntinhos. A comprar as suas coisinhas, em consenso. Deviam estar a avaliar o que levar: doce de abóbora ou doce de maçã?

(são os de camisola azul)

12 de novembro de 2011

Imagem de outono

Bem, já não venho cedo, mas decidi alterar para uma imagem mais outonal.

São Martinho





Ontem, os príncipes gémeos tiveram uma feira de São Martinho na escola. Levaram algum dinheiro para fazerem as suas compras. No dia anterior, o Tiago tinha dito que iria comprar uma galinha. Uma galinha viva! Onde iria eu meter a bichinha, pois por certo não a iria matar...!
Bem, o resultado das compras foi: batatas, milho, abóboras, doce de abóbora, louro...
A sua alegria era infindável, não paravam de olhar para as suas aquisições. Pelos vistos tudo o que compraram foi consenso dos dois. Agora (palavras deles) já sabem fazer compras.
Ricos filhos!

9 de novembro de 2011

Vai ser luta...

A luta está lançada.
Eu ajudo o príncipe mais velho em Português, Matemática, Inglês, na preparação dos testes. O meu marido ajuda em História, Ciências, e... e, mais nada! E, fica sempre com as disciplinas mais fáceis!
Pois é, ontem o príncipe fez o teste de História, e parece (parece, porque ainda não recebeu o teste) que acertou em tudo. Bem, vamos ter problemas! Da próxima (próximo teste) vai rebentar com a escala... ai vai, vai...
Meu filhote prepara-te para decorar já o manual de matemática todo no próximo fim-de-semana.

A semana começou mal...

Uma dor de dentes infernal, de Domingo (domingo já não se escreve com letra grande, pois não?) para 2ª-feira. 2ª-feira de manhã, dentista.
3ª-feira: o meu carro não pegou de manhã. Resultado uma bateria nova...
4ª-feira (hoje): até ao momento tudo bem...

Este mês já estamos a ter muitas despesas sem contar.

4 de novembro de 2011

Escolha difícil

2 semanas, talvez, uma dor de dentes, a massacrar-me. Nada de muito forte, mas sempre presente. Por isso, há que atacar com umas droguitas. Mas, o pior é que há 3/4 dias para cá comecei a andar com tonturas. Que será? Não será? Poderá ser da medicação?!!! Fui ver as contra indicações dos ditos. No meio de muita coisa: "Tonturas - raramente". Pois, calha-me sempre o raramente... tudo, excepto o euromilhões, que era tão bem vindo...
Agora tenho um dilema: ou me deixo de drogas e o mundo deixa de abanar, mas tenho dor de dentes, ou continuo a tomar a medicação, e claro, a minha cabeça a abanar!!!
Ligar para o dentista também seria uma boa hipótese, vou tentar não esquecer hoje à tarde.

3 de novembro de 2011

O desporto cansa-me

Decidimos colocar os príncipes mais velhos em algum desporto, claro que para mim e para o pai, também se torna um desporto, gerirmos toda a logística.
Ontem começaram as aulas de desporto. O Tiago na piscina e o João no futebol. Não esquecer que ontem choveu. Choveu e bem!
Por isso foi assim, 18h40, buscá-los à escola. Levar também o príncipe mais velho a caminho.
1ª paragem: campo de treino de futebol. Tratar da logística, ver o tamanho do seu futuro fato de treino (do João), caminhar (de carro) para o outro lado do campo para se ir vestir e, claro, treinar. Sempre a chover. Sair do carro, dar uma corrida debaixo de água, indicar os balneários e deixar o João.
Voltar para o carro (mais uma corrida à chuva) e 2ª paragem.
2ª paragem: piscinas. Já atrasado (8 minutos) lá foi o Tiago meio perdido, para dentro do balneário (balneário masculino, onde não posso entrar), com os chinelos na mão, os calções para vestir na mão e a toca já posta. Aguardar (mais de 5 minutos) que ele entrasse para a piscina, isto com o coração nas mãos, por o ter abandonado à sua sorte... Pronto, confirmei, entrou na piscina. Nova corrida até ao carro. Mas quê, não parava o raio da chuva...
De novo para o campo de futebol para ver o treino do João, isto se visse alguma coisa: de noite, a trovejar, chover que se fartava e o vento a fustigar tudo.
19h50: vou buscar o Tiago? Espero pelo João, que está quase a terminar o treino, e levo-o já? Sim, a minha cabeça não parou...
20h: quase a terminar o treino do João...
20h05: buscar o João à porta do balneário (mais uma corrida à chuva), para ir buscar o Tiago à piscina. E, cadé o João?!? Nunca mais aparecia o João. Há que chamar o João, mas no meio de tanta algazarra no balneário ninguém ouvia... Peço ao treinador para o chamar, que ainda não sabia bem quem era. Lá estava o João, cheio de frio, roxo dos lábios, todo molhado, a ver a agitação do balneário. Puxar o João e, claro mais uma corrida à chuva até ao carro.
3 minutos de carro até à piscina, e (estou a repetir-me) outra corrida à chuva até às piscinas para ir buscar o Tiago. O Tiago estava lá à 45 minutos, sentado, à espera. Nova corrida até ao carro, claro, debaixo de chuva.
Chegados a casa, preparar o banho do João que estava enregelado, roxo, não conseguia mexer as mãos de tantas dores que tinha causadas pelo frio. Pois... treinou sempre debaixo de um temporal. Dar-lhe banho e colocá-lo à frente do aquecedor.
Tomar também banho, pois com tanto desporto (sim, fartei-me de correr ontem!) e de tão molhada também estava a precisar.
Podíamos dizer, para terminar em beleza, comeram e foram para a cama. Nada disso: há que fazer deveres.

O mais importante de tudo é que eles gostaram e querem continuar.
O que eu não sabia é que os gémeos andam ambos em desportos aquáticos. O Tiago na piscina com água quente. O João no futebol com água gelada.
Nem quero imaginar como se devem sentir hoje...

Falta decidir o que o príncipe mais velho vai fazer. Está indeciso entre o karate e a natação. Aí sim, a situação vai complicar!

1 de novembro de 2011

O feminino de...

O feminino de afegão é:
AFEGOA... coitada, afogou-a!!!

Ai! E, as meninas #2#...

Tocaram à campainha, um dos príncipes perguntou quem era pelo intercomunicador. Uma coleguinha do príncipe mais velho, que é vizinha, a pedir o livro de português emprestado. O príncipe mais velho que ainda estava de pijama, disse logo que não aparecia, nem pensar!!! Sim, ia aparecer de pijama!!! Mas, com que fama ficaria?!
Tive que ser eu a tratar do assunto. Mal ela foi embora, ele foi-se vestir, não vá ela voltar!

Pug a caminho

 
Quando se promete há que cumprir!
O príncipe mais velho teve 2 Muito Bom, um a ciências e outro a música. O pai tinha-lhe prometido que se tivesse mais de 90% a Ciências teria o pug que tanto quer.
Ontem quando fui buscar o príncipe à escola, a primeira coisa que disse:
" - VOU TER UM PUG... VOU TER UM PUG..."
Papá, agora vê lá se encontras um pug a um bom preço!

Teste de Português

Estou no estudo de português. Sim, parece que sou eu que estou a estudar: pronomes, adjectivos...
Neste momento sou a menos paciente cá em casa, podemos dizer que isto é o superlativo relativo de inferioridade!